2 de mai de 2010

Óleos Raros



Os óleos essenciais são agora minha nova descoberta, li em alguns sites sobre os incensos que eles não fazem muito bem para estarmos inalando e resolvi usar os óleos essenciais, são tantos os benefícios que eu nem imaginava, no momento estou usando o de canela uma delícia, da uma sensação de frescor maravilhosa, a cada nova descoberta vou informando a vocês. Além de deixar o ambiente com um cheiro super agradável cada fragrância faz um bem danado a alma.

Jóias em pequenos frascos. Alguns óleos essenciais são tão ou mais valiosos que pedras e metais preciosos. Envolvem a terra e a vida que dela pulsa e floresce. Envolve a dedicação e o cuidado de pessoas, gente que acredita na força da natureza. Gotas únicas em personalidade e propriedades curativas trabalham principalmente as emoções e o amor próprio. Para casos especialíssimos como depressão, baixa auto-estima, tristeza e perdas. Para aqueles que se permitem sentir e serem tocados pelas essências vivas e puras. Um prazer, presente para a alma.

Aromaterapia é a arte e a ciência de usar óleos de plantas em tratamentos. Aromaterapia é uma das técnicas mais antigas da história de práticas de cura. Os óleos essências de Aromaterapia são óleos extraídos de plantas da qual tem sido usado por milhares de anos antes da técnica de destilação de óleos ter sido descoberto. Os óleos essenciais exercem uma influência subtil na mente e no corpo. Através da Aromaterapia, a cura pode ser feita de uma maneira gentil e natural. Uma qualidade importante dos óleos essenciais é a grande variedade de maneiras em que podem ser usados. Podem ser usados em massagens, já que é reconhecido como uma das formas mais importante de tratamento, também podendo ser usados em banhos. A água em si tem muitas propriedades terapêuticas, e quando combinado com os óleos essenciais, os óleos realçam o seu efeito. Também, podem ser usados como compressas, tanto quente como frio em circunstâncias diferentes. Os óleos podem ser misturados em cremes, loções para o corpo ou mesmo algumas gotas em seu travesseiro para ajudar a ter uma boa noite de sono.
Os óleos essenciais são absorvidos rapidamente através da pele. Mesmo se as essências forem usadas em cremes, loções para o corpo, banhos, compressas ou em massagens, uma boa quantidade da essência é inalada. O aroma sozinho tem um efeito subtil e real na mente e no corpo. É preciso ter cuidado quando se usa óleos essenciais. Quando são usados de maneira correta, são seguros. Alguns óleos são perigosos de se usar e devem ser tratados com muito cuidado.
Use uma quantidade pequena de qualquer óleo em qualquer tipo de tratamento.
Para aplicar massagens, dilua 3% do óleo essencial escolhido em óleo vegetal. Por exemplo, use 3 gotas de óleo essencial para cada colher de chá de óleo vegetal. Para banhos, muito cuidado deve ser tomado, já que os óleos tendem à flutuar em vez de serem diluídos.
Os óleos podem irritar a pele quando são usados em quantidades excessivas, dependendo do tipo de pele. A quantidade recomendável para ser usado em banhos é de somente 2 à 3 gotas. Óleos derivados de plantas picantes como a de Crazinho e Noz moscada, deverá ser evitado de serem misturados juntos.
Quando preparao banhos para crianças ou bebês, não excedir mais de 3 gotas de óleo essencial. Lembre-se sempre de diluir qualquer tipo de óleo antes de serem usados em banhos.
Para inalações, 1 gota de óleo essencial pode ser suficiente, e 3 gotas podem ser usado no máximo. Antes de preparar uma inalação, experimente sempre uma gota de óleo essencial primeiro antes de adicionar mais.
Alguns cuidados a ter:
- Nunca os use em sua forma pura.
- Para não irritar a pele, devem ser sempre misturados a uma base oleosa, como o óleo de amêndoas, por exemplo.
- Em caso de dúvida, deve consultar seu médico ou informar-se com um aromaterapeuta.
- Se você vai usar um óleo essencial pela primeira vez, teste-o para se certificar de que não provocará reação alérgica: misture uma gota dele a uma colher (café) de óleo de amêndoas e esfregue na dobra do cotovelo. Se a pele avermelhar em 24 horas, você é sensível ao produto.
- Não usá-los quando se expuser ao sol.
- Não faça uso de óleos essenciais via oral sem a devida orientação de um aromaterapeuta especializado na área.
- Evite deixar em locais de fácil acesso a crianças óleos essenciais, pois são um atrativo devido à cor do vidro e formato.
- Evitar durante a gravidez óleos com alto teor de toxidade, pois pode causar problemas ao feto e até levar ao aborto.
- Evitar também durante a gravidez óleos de cânfora, tuia, salvia, salvia esclaréia, funcho, erva-doce, anis estrelado, dill (endro), wintergreen, bétula.
- Nos três primeiros meses de gravidez, as gestantes devem evitar estes tipos de óleo: camomila, jasmim, cedro, basílico, manjerona, rosmarim e menta.
Quem tiver:
- Disturbios do Figado evitar os óleos de menta e hortelã, casca de canela, cássia, funcho, erva-doce, anis estrelado, cravo, pennyroyal, buchu, sassafrás, savin e óleos ricos em furanocumarinas.
- Disturbios Renais evitar os óleos de limão, bergamota, salsa, wintergreen, bétula.
- Pressão alta evitar óleos que contenham cânfora.
- Pressão baixa evitar os óleos de alho, cebola, lavanda, pau rosa, palma rosa, eucalipto globulus.
- Epilepsia evitar os óleos de cânfora, alecrim da horta.
- Hemofilia, distúrbios na coagulação do sangue evitar os óleos de wintergreen, bétula doce.
- Glaucoma e hiperplasia prostática evitar óleos de citronela, capim cidreira, capim limão.
- Depressão evitar os óleos de lavanda, pau rosa, ho wood, melissa, valeriana, rosa.
Fonte: Mistico , Bethynha e Aromalandia


Desperte com Alecrim e Hortelã
Ame-se com Rosa
Alegre-se com Laranja e Tangerina
Concentre-se com Limão
Equilibre-se com Lavanda
Acalme-se com Capim Limão
Crie com Palmarosa
Conquiste com Gerânio
Aspire com Eucalipto
Conecte-se com Olíbano
Inspire-se com Sândalo
Seduza com Ylang-Ylang
Ame com Jasmim
Durma bem com Bergamota!
Viva intensamente
Ouse ser feliz
A vida está em constante movimento.
Fonte: Priscila de Arruda Botelho
WWW.bioessencia.com.br

Um comentário: