30 de jul de 2011

Tipos de olheiras

  - OLHEIRA250.JPG

Tem hora que nem corretivo, base e toda a maquiagem do mundo dão jeito nas temídas olheiras. Além de nos deixarem com aspecto mais cansado e envelhecido, elas podem ser causadas por outros fatores, além da fadiga. A dermatologista Carolina Ferolla, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica que existem pelo menosquatro tipos de olheiras, causadas por mudanças no nosso organismo e que devem ser tratadas de maneiras diferentes.

Alguns fatores externos também podem piorar o problema, como exposição exagerada e sem proteção ao sol, alguns remédios, o álcool e o sal em excesso nas comidas. Apesar de haver muitos paliativos, as olheiras não são 100% curáveis e os tratamentos estéticos precisam ser refeitos regularmente, em conjunto com a mudança de hábitos ruins. Segundo Carolina, apenas um procedimento cirúrgico garante o desaparecimento total do terrível "olhar de panda".
TIPOS DE OLHEIRAS
Constitucionais: são olheiras acastanhadas e fundas caracterizadas pela anatomia da face. O globo ocular fica alojado em um orifício que, neste caso, é anatomicamente mais profundo e recoberto por uma pele muito fina que permite transparecer a sombra da cavidade. Muito comum nas etnias indiana e árabe. Os tratamentos para clarear e suavizar olheiras desse tipo são geralmente lentos e apresentam resultados pouco perceptíveis. O laser (luz intensa pulsada) e o preenchimento com ácido hialurônico pode ser uma boa opção para este caso. 
Melânicas: olheiras acastanhadas causadas pelo acúmulo de melanina (pigmento que fornece o tom a pele), que, por sua vez, é desencadeado pelo excesso de sol ou estímulo hormonal. Os tratamentos que favorecem a despigmentação apresentam bons resultados no clareamento e suavização desse tipo de olheiras.

Sanguíneas: olheiras arroxeadas causadas por acúmulo de hemoglobina (pigmento sanguíneo) ou produtos de sua degradação (bilirrubina, biliverdina e ferro). Os tratamentos que favorecem a microcirculação e agem como quelantes de ferro apresentam bons resultados no clareamento e suavização desse tipo de olheiras.

Vasculares: olheiras azuladas causadas por excesso de retenção de fluidos. Tendem a agravar-se em situações de stress e cansaço, quando a circulação sanguínea da região torna-se parcialmente comprometida. Os tratamentos que favorecem a microcirculação apresentam bons resultados no clareamento e suavização desse tipo de olheiras.